Patrick Depailler - Tyrrel P34

Posted Posted by Pipe in , Comments 4 comentários



Minha internet de casa está um lixo, aí me atrapalha de postar, mas para o sábado não passar em branco essa é mais uma fotinho de várias que tenho aqui da F1 bem legais. Em destaque a Tyrrel P34 de 1977, a famosa Tyrrel de 6 rodas. Ainda vou fazer um post exclusivo dela onde falarei mais de sua história e etc. Esse aqui é mais para mostrar o click interessante onde Patrick Depailler está sentado no cockpit com as pernas e parte internas do carro a mostra por conta da ausência da carenagem dianteira. Duas coisas me chamaram mais a atenção, primeiro que parece uma posição bem desconfortável com as pernas muito juntas e curvadas, realmente não é fácil pilotar esses carros, e em segundo é uma dúvida, nessa época os carros não tinham pedal de embreagem?

*Atualizado
Alguns amigos informaram que nessa época os carros tinham sim os três pedais. É que o pedal do acelerador era diferente dos outros, e está meio escondido ali no canto, logo acima do número 4. Isso devia dificultar o punta-taco.

4 comentários:

Mateus disse...

Os pedais nos quais eles está com os pés são o de freio e embreagem. Há uma pequena pedaleira um pouco mais retirada e baixa, ao lado do freio, que é o acelerador.

Alex disse...

Fala Pipo, então, o carro tinha embreagem sim, o pedal da esquerda, como em qualquer carro, o que confunde é q o pedal do acelerador é diferente dos outros, está aí do lado direito, bem acima do número 4, ele é diferente do pedal de freio e embreagem, assim como nos carros de rua, interessante isso...Abraço!

Rui Amaral Jr disse...

Oi Pipe, imagine eu com 1.90m nunca coube em formula nenhuma. O acelerador está à direita dele, e a esquerda o apoio do pé.

Abs

Rui

Pipe disse...

Fala Mateus,
Valeu pela informação, eu pensei que aquilo ali fosse descanso de pé, rs, mas olhando melhor dá pra ver que é o acelerador.
Abraço.

--------------------------

Fala Alex, valeu também pela informação. Realmente me confundi, mas depois que vcs falaram identifiquei o acelerados ali, meio escondido.
Falou, abraço.

-----------------------

Fala Rui,
1.90 deve ser complicado mesmo, vide o Atila Abreu (atualmente líder da Stock), que chegou a ser companheiro de equipe do Vettel numa fórmula lá na Europa, mas não teve como continuar nos monopostos devido a sua altura próxima a essa sua. Acho injusto isso, um tanto de piloto bom mais alto por aí que nunca vai poder despontar na F1. Troço mais apertado,rs.
Abraço.