Toyota Tacoma Pikes Peak

Posted Posted by Pipe in , Comments 4 comentários



Estava de passagem pelo blog Carangos e Afins do Gustavo Leme quando vi um vídeo desse carro lá, que me chamou a atenção e resolvi postá-lo aqui. É a Toyota Tacoma Pikes Peak do piloto neo zelandês Rod Millen, que fez história na famosa subida norte-americana no final da década de 90, estabelecendo um novo recorde em sua categoria.

Eu não conhecia o carro e curti o visual. Pra quem não conhece, a Toyota Tacoma na versão de rua é uma picape tipo a Ranger ou a Hilux, e como é possível ver, nessa versão de corrida só sobrou o nome mesmo, porque dependendo do ângulo que se olha nem picape parece mais. Possuia tração integral, e um motor turbo intercooler de 4 cilindros em linha 2.1L que gerava de 800 a 1.000HP, uma usina de força como um bom carro que participa desse evento deve ser.

As fotos acima são do carro em ação em Pikes Peak, e abaixo na aparição que fez no Festival de Goodwood em 2007, de onde aliás vem o vídeo que me motivou a fazer esse post, e que reproduzo por último. Impressionante a força do carro e como o piloto tem que se virar pra segurar ele na pista, fica balançando de um lado pro outro tipo um bicho brabo preso em uma jaula e qualquer descuido poderia acabar mal. O som do turbo espirrando também não pode passar em branco.

*Atualizado
O Volney informou que esse carro venceu a categoria Unlimited na subida de Pikes Peak em 1998 e 1999. Era capaz de atingir 200Km/h em apenas 4,9 segundos, e que para participar de Goodwood teve a potência reduzida. Se reduzida já balançava pra tudo que é lado, imagina normal como não seria.


4 comentários:

Mateus disse...

E com certeza aquela caminhonete não era para estar no caminho ao final da apresentação. A freada da Tacoma foi espetacular! Balançou feito doida!

Volney disse...

Esse carro é muito bruto, ele pode atingir 100 km/h em 1,6 segundos e os 200 km/h em 4,9 segundos, mas nessa aparição em Godwood sua transmissão está ajustada para ir até 212 km/h.
Com ela Millen venceu o Unlimited em Pikes Peak nos anos de 1998 e 1999.

Joel Marcos Cesetti disse...

Parabéns pelo novo layout do blog,ficou ótimo.


abs

Pipe disse...

Fala Mateus,
Com certeza cara, além de atrapalhar a filmagem, o piloto teve que segurar como deu no freio. Mas no final das contas até que foi legal ela estar ali pra gente poder ver o carro balançando que nem doido no final, rs.
Valeu, abraço.

--------------------------------

Fala aí Volney, números impressionantes cara, o carro era um absurdo mesmo de potência, além de bonita também.
Valeu pelas informações.
Abraço.

--------------------------------

Muito obrigado Joel, sua opinião é importante cara. Fico feliz que tenha gostado.
Grande abraço.