Acidente: F399 Monterey Historic

Posted Posted by Pipe in , , Comments 10 comentários


Eu não costumo postar acidentes aqui, acho muito melhor mostrar as belas máquinas desfilando nas pistas, mas essas imagens em especial me chamaram bastante a atenção. O mais impressionante, além do fato do carro ter partido em dois ao se chocar contra a barreira de pneus, é que o piloto não sofreu nada, deve no máximo ter ficado com umas dores nas costas e nas pernas por alguns dias. Pelo que li a coisa só não foi mais feia porque a velocidade do carro não era muito alta no momento da batida. Sem dúvida, um cara de sorte.

O acidente foi no Monterey Historic de 2004 e o carro é uma Ferrari F399, original da temporada de 1999. Por acaso não é o mesmo carro com que o Schumacher se acidentou e quebrou as pernas?

*Atualizado
É isso mesmo, o amigo enciclopédico Caranguejo (termo do Rui) confirmou. Foi com um modelo F399 desses que o Alemão bateu e quebrou a perna em Silverstone. Além de Schumacher, Eddie Irvine e Mika Salo também pilotaram o carro.

Outra informação importante é que foi esse modelo que deu o primeiro título mundial de construtores a fábrica italiana desde 1983, um carro importante sem dúvida.




10 comentários:

interdomin disse...

Pobre Ferrari.

Fórmula Total disse...

Sempre fiquei na dúvida se era mesmo um acidente ou era uma montagem. Depois que descobri que era mesmo verdade, nunca tive tempo para procurar como foi e aonde foi.

Agora não tenho mais dúvidas e o cara teve sorte.

Abraços
Leandro Castro

Joel Marcos Cesetti disse...

Impressionante!Em baixa velocidade não deveria ter um dano tão grande na estrutura do carro,alguma coisa já estava errada no carro.


abs.

lorenzo721 disse...

The very reason why I don't like historic races! :lol:

Claudio Paes Leme disse...

Pipe, amigos
boa tarde.

O Joel tem razão. Algo já estava errado com o carro para o monocoque ficar "fatiado". A curiosidade também vale para o nosso aprendizado. Existem carros de corrida antigos vendidos aos montes e a FIA se preocupa apenas com o passaporte que lhes dá, com toda deteza, muito dinheiro. Deveriam olhar (e muito) para a segurança também...

Pipe te mandei uma foto você recebeu?

Um abraço

Claudio Paes leme disse...

Amigos, por favor, desculpem troquem o "deteza" por certeza...

Anônimo disse...

Bem que o Piquet tinha razao, Ferrari só faz merda de carro, tudo inseguro.

Pipe disse...

Hola Interdomin, também pensei a mesma coisa, fiquei com pena do carro. Mas batidas acontecem.
Saludos.

---------------------------

Fala Leandro,
Eu fiquei meio impressionado quando vi a foto do piloto com as pernas pra fora. Sem dúvida deu muita sorte por ter saído ileso.
Mas é isso, bom que o post serviu pra te esclarecer essa dúvida.
Abraço.

-----------------------------

Oi Joel, realmente impressiona a primeira foto. Mas concordo contigo, algo devia estar errado ali pra quebrar desse jeito. Imagina em alta velocidade, melhor nem pensar.
Abraço.

---------------------------

Hi Lorenzo,
I like the beautiful cars and the historic machine. But I had not thought in this dangerous side. Run with old cars can be very risky.

But from what I see on internet, this kind of race is only growing. Let's hope for the best.

Regards.

-----------------------------

Oi Claudio,
Concordo com vc e com o Joel. Muito estranho a forma como o carro se partiu. E pelo que eu li, levaram ele depois para a fábrica da Ferrari para estudarem o que aconteceu. Repercutiu mal para eles.
Não sabia desse "mercado" de carros de corrida antigos, mas pelo que vejo de fotos de eventos de históricos imagino que o negócio corra meio solto mesmo. É muito bonito de se ver, mas sem dúvida precisam levar as questões de segurança mais em consideração, afinal os carro são antigos mas continuam andando muito rápido.

Recebi a foto sim, obrigado, já está no ar.

Abraço.

-------------------------

Oi Anônimo, não é bem assim, os caras já conquistaram muita coisa importante e são a principal equipe da categoria. Na certa esse modelo estava com algum problema, mas não é o suficiente para generalizar. O que o Piquet fala precisa ser filtrado, rs.
Abraço.

MarkGrunge disse...

Que batida estranha nossa, um carro bate em baixa velocidade e quebrar no meio a celula de sobrevivencia??? ou esse carro nao é o original ou foi feita alguma gambiarra nele que na batida acabou quebrando, nao é possivel uma coisa dessas esta dificil de engulir... na divisao do bico com o resto do carro quebrou retinho como se alguem tivesse cortado o carro ao meio, dificil de ver a fibra de carbono quebrar dessa forma, nunca vi isso na minha vida!!! serio fiquei bolado com isso agora, mas...
PS.: parabens ao blog...

Pipe disse...

Fala Mark, obrigado cara.
Pois é, vai saber pelo que esse carro já não tinha passado antes. E realmente impressionante e curiosa a forma com quebrou retinho o bico, e sem nem machucar o piloto. Como o pessoal comentou aí, esses carros de corrida antigos são um perigo.
Abraço.