F1: Tyrrell 012

Posted Posted by Pipe in , Comments 6 comentários

Logo acima, Danny Sulivan em Silverstone 1983.


O estranho aerofólio em "v" na primeira versão.


Estou para postar esse carro há um tempo porque achei a pintura legal, o contraste do verde escuro com preto e o patrocínio da Benetton me chamaram a atenção. Além de ser um carro bonito também. É a Tyrrell 012 que disputou a F1 pela famosa equipe inglesa em 1983. Na verdade o modelo também competiu em 84 e 85, mas sem o patrocínio da Benetton e com outras pinturas.

Estreou no final da temporada de 83 com um motor V8 Cosworth DFV aspirado, enquanto a maioria dos outros carros possuía motor turbo. Mesmo com essa desvantagem conseguiu uma honrosa sexta posição com Michelle Alboreto. Nas outras corridas dessa temporada o carro teve problemas mecânicos e não conseguiu pontuar. Destaque para o diferente e chamativo aerofólio traseiro do modelo de estreia do carro, que não durou mais do que um GP por não ter atingido os objetivos pretendidos.

Em 1984 (pintura preta) a equipe vinha conseguindo resultados razoáveis, mas foi suspensa da temporada pela FIA por terem achado irregularidades no carro.

Em 85 (pintura azul) eles voltaram, mas não conseguiram repetir os bons resultados do início da temporada anterior. No meio do ano a equipe abandonou o modelo 012 e estreou o 014 com motor Renault Turbo, que também decepcionou.

Hoje em dia dois modelos disputam campeonatos de históricos de F1 e parecem estar sendo mais bem sucedidos do que na sua época original.

Abaixo os modelos de 84 e 85, respectivamente.

6 comentários:

Rafael Oliveira disse...

Grande Tyrrel... Equipe boa para contratar pilotos... era como se fosse a finada BMW hoje (quando viva)... como por exemplo o Stefan Bellof, que provavelmente teria tido uma carreira vitoriosa, caso não tivesse morrido em Le Mans. Para efeito de curiosidade, a corrida em Mônaco 1984, se tivesse ido até o final, dizem que seria vencida pelo Bellof, pois foi o único que conseguiu andar no mesmo ritmo do Senna, e os mecânicos da Toleman informaram que o Senna não terminaria a prova por um problema na suspensão!

Grande abraço.

Rafael Oliveira

formulatotal disse...

Fala Pipe!

Alboreto e a Tyrrell foram os últimos a vencerem com o Cosworth DFV, em 1983. Mas alguns falam que o motor era outra versão, o DFY. Neste caso, seria a única vitória deste motor.

O carro era até bom, mas faltava o motor turbo. Esse modelo com a asa "Bumerangue" é o mais clássico dos modelos que você postou.

Abraços

Tohmé disse...

Essa safra 84-85 é muito bela.
Em breve coloco lá no blog.

Pipe disse...

Fala Rafael, ótimas observações e comparação. Não sabia dessa do Bellof, uma pena não ter vencido.

Abraço cara.
--------------------------------------

Boas lembranças também Leandro, eu lembro dessa história dos motores lá no seu blog na boa série dos Cosworth. Antes de DFV eu tinha escrito DFY, mas fiquei em dúvida e voltei atrás, mas acho q era o DFV mesmo.

De cara achei o aerofólio muito estranho, mas olhando melhor até que é interessante, pena não ter dado certo.

Valeu cara, abraço.
------------------------------------

Fala Tohmé, é bonito mesmo, as cores ficaram show né? Também curti muito.
Vi várias fotos de minis dele na internet, vai ser mole de encontrar pra botar lá no teu blog.

Valeu cara, abraço.

Anônimo disse...

I would like to exchange links with your site www.blogger.com
Is this possible?

Pipe disse...

Sure we can change links. Could you tell me your site?