BMW 3.0 CSL - Parte 1

Posted Posted by Pipe in Comments 6 comentários





Depois de um fim de semana paradão aqui no blog, nada melhor do que começar bem a semana. E escolhi esse carro que estava devendo para o amigo Rafael Oliveira, o BMW 3.0 CSL "Batmóvel". Para não encher de fotos um post só, e não deixar de postar fotos que valem a pena, serão dois posts sobre essa máquina, na minha opinião um dos mais bonitos carros de corrida da marca alemã de todos os tempos, com um visual inconfundível.

A linha CS da BMW nasceu em 1968 com o 2800, que foi sucedido pelo 3.0 Csi, e logo depois no início da década de 70 a versão de corrida que aparece aqui, o 3.0 CSL, sigla que significa Coupé Sport Lightweight (leve), uma menção ao baixo peso do carro com várias peças em alumínio. Além do baixo peso, o CSL apresentava grandes apêndices aerodinâmicos, que lhe renderam o apelido de "Batmóvel", pois lembrava o carro do homem morcego.

A primeira versão de corrida tinha motor 3.2L 6 em linha com 340HP, que aumentou para 430HP no ano seguinte. Mas um modelo que foi preparado para as 24H de Le Mans de 1976, tinha motor biturbo com 750HP, e atingia 341Km/h de velocidade final. A união do kit aerodinâmico extremamente eficiente, que "grudava" o carro na pista, com o torque brutal do motor, tornaram essa máquina imbatível e mecanicamente perfeita, marcando para sempre o automobilismo europeu. Venceu cinco campeonatos consecutivos do ETCC (1973 a 1979) e nos EUA não haviam concorrentes a sua altura, vencendo quase todas as provas da IMSA em 1975. No final da década de 70 saiu de cena como uma lenda, mas para a alegria dos fãs muitos ainda disputam provas de históricos pela Europa, como alguns modelos dessas fotos.

Esse carro também serviu de "tela" para a pintura de artistas famosos, como o modelo colorido de Alexander Calder e o preto e branco de Frank Stella, ambos aparecerão no próximo post.


6 comentários:

Volney disse...

Um carro que eu gosto muito, principalmente com essa pintura da BMW Motorsports.
Não conhecia essa versão de 750HP, deve ter sido um monstrinho.

Rafael disse...

Pipe...

Estou em extase com tantas fotos destas meninas... são minhas prediletas!! Todos as pinturas detonam... não tenho palavras, já estou fazendo down de todas e com certeza a vermelha e branca já vai pra wallpaper...

Grande abraço e grato pelo post, muito detalhado, vários detalhes que não conhecia...fiquei imaginando a BT na Mulssane...

Rafael Oliveira.

Pipe disse...

Fala Volney,
A pintura da BMW é linda mesmo, clássica, ainda mais nesse carro, um dos mais maneiros da marca alemã na minha opinião.
Mas então, tb ñ conhecia essa versão biturbinada, rsrs, devia andar demais mesmo, mais de 300 por hora é assustador.
Valeu, abraço.

---------------------------------------

Fala aí Rafael,
Fico feliz que tenha gostado cara, não precisa agradecer, é uma forma também de retribuir sua participação e ajuda aqui no blog. Se tiver faltando algum modelo ou informação é só falar q eu atualizo.
E além do mais o carro é realmente lindo, essa listrada é demais. E a biturbo devia ser um verdadeiro canhãozinho, rs.
Abraço.

Fernando disse...

Ei amigo, era um seis-em-linha, não um V6.

Pipe disse...

Valeu pela correção Fernanda, já acertei.
Abs.

Pipe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.